História do Município

por JEANE RODRIGUES DE SOUSA publicado 14/06/2018 11h50, última modificação 14/06/2018 11h48

História

Um desacordo entre o prefeito da vizinha cidade de Várzea Grande e os feirantes em 1969 fez com que estes últimos levassem a feira para a região de Tanque isso possibilitou o surgimento do povoado que era pertencente ao município de Oeiras (Piauí) (Até 1992)

No dia 18 de janeiro de 1970 foi celebrada a primeira missa pelo Monsenhor Leopoldo. Seis Anos depois, em 1976, foram erguidas duas construções: o posto de Saúde e a Unidade Escolar, onde hoje funciona o Ensino Médio.

Em 1986, foi ligada a energia elétrica do povoado e a perfuração de um poço tubular com profundidade de 451 metros.

Primeira Feira

Em 1969 o prefeito de Várzea Grande-PI, mudou a feira daquela cidade, que era na segunda-feira, para o sábado, os feirantes revoltados resolveram fazer a feira no Tanque, sendo realizado no terreiro da casa do Sr. Né Filisminda, debaixo de um pé de oitizeiro, no dia 29 de setembro de 1969, sendo esta a data oficial da primeira feira e de fundação do Povoado Tanque, tempos depois a feira de Várzea Grande voltou a ser realizado na segunda-feira, e os feirantes voltaram para aquela cidade.

Emancipação

Até o inicio do ano de 1992, o povoado pertencia a Oeiras, mas, em 19/04/1992, um plebiscito elevou o povoado de Santa rosa à categoria de cidade e o Tanque passou a pertencer à nova cidade.

Como ocorreu com Santa Rosa, o Tanque passou a cidade no dia 14 de dezembro de 1995, após um plebiscito e no dia 01 de janeiro de 1997 foi empossada sua primeira Prefeita, a senhora Joana Vieira da Silva (PFL).

Quando foi emancipada em 14 de dezembro 1995 foi feito um plebiscito para a escolha do nome, entre Lindo Horizonte, Planaltina e Tanque, e Tanque acabou vencendo.